Pela primeira vez Tupã terá chefe de instrução do Tiro de Guerra nascido no município

Novo Chefe de Instrução deixou Tupã há 23 anos para servir o exército em várias partes do Brasil e volta ao município para comandar o TG 02-043. A cerimônia de passagem de comando acontece no próximo dia 13.

COMPARTILHAR
Antônio Carlos Santos Júnior

Pela primeira vez um militar tupãense será Chefe de Instrução do Tiro de Guerra TG 02-043 de Tupã. Depois de 23 anos fora do município atuando no Serviço Militar pelo Brasil, Antônio Carlos Santos Júnior, o 1º Sargento Júnior, exercerá a função em sua cidade natal, recebendo o cargo das mãos do Subtenente Cardoso, que comandou o TG nos últimos dois anos.

O 1º Sargento Júnior serviu anteriormente em diversas partes do Brasil, começando pela cidade de Lins, depois passando pelos Estados de Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Sergipe, São Paulo e por último Amapá, de onde foi transferido de volta a Tupã. “Quando recebi a nomeação fiquei feliz porque o Tiro de Guerra é um braço da sociedade para formar guardas territoriais. Nossa ideia é trabalhar em prol da comunidade formando jovens brasileiros e dando a oportunidade para que conheçam valores éticos e morais”, afirmou o 1º Sargento Júnior.

A cerimônia de passagem de comando entre o Subtenente Cardoso, que atuou como Chefe de Instrução em Tupã nos últimos dois anos e o 1º Sargento Júnior, acontecerá no dia 13 de janeiro, às 10h30 no TG. Para o 1º Sargento, o Tiro de Guerra é um braço da sociedade para formar guardas territoriais. “O subtenente Cardoso fez questão de realizar essa cerimônia onde receberemos nossos convidados e é claro, toda a população tupãense que quiser participar. Queremos ter interação com a sociedade, mostrando que estamos aqui para servi-la”, convidou Júnior.