Farmácia Municipal de Tupã começa receber medicamentos que estavam em falta

Estoques devem estar normalizados até final de junho.

COMPARTILHAR

A Farmácia Municipal de Tupã, localizada na esquina da avenida Tapuias com rua Coroados começou a receber nesta terça-feira, dia 30 de maio, vários tipos de medicamentos que estavam em falta desde o ano passado na rede básica de saúde.

De acordo com o secretário de Saúde, Laércio Garcia, entre os medicamentos que estavam em falta, estão os de grande fluxo como antibióticos básicos, dipirona e omeoprazol. Láercio explicou que os novos medicamentos foram adquiridos por meio de licitação no valor de R$ 1.379.986,02. Segundo ele, dos 173 tipos de medicamentos que foram comprados através de licitação, 108 tipos já foram entregues.

Ele informou também que os remédios estão sendo entregues de acordo com a disponibilidade dos fornecedores, mas a previsão é que os estoques dos mais 170 medicamentos distribuídos gratuitamente à população estejam normalizados até o final de junho. “Atualmente cerca de 40% dos medicamentos adquiridos através de processo licitatório foram entregues. Trata-se de uma questão de logística dos laboratórios e outros que ainda não tiveram tempo hábil para fazer a entrega e ainda há a situação de empresas que tinham valores a receber da prefeitura na gestão passada que exigiram o pagamento dos débitos para efetuar o envio dos novos medicamentos”, explicou.

O secretário de Saúde também agradeceu o empenho do prefeito Ricardo Raymundo e do vice Caio Aoqui, que não mediram esforços para garantir a aquisição dos medicamentos e pediu a compreensão da população, já que a reposição dos estoques de medicamento acontecerá de forma gradativa.

Já o prefeito Ricardo Raymundo destacou a importância da Farmácia Municipal para população, já que ela oferece 173 variedades de medicamentos gratuitamente e realiza cerca de 400 atendimentos por dia. “Infelizmente quando assumimos a Prefeitura, tivemos a triste notícia de que a farmácia estava praticamente sem remédios para a população e logo começamos trabalhar para a compra dos medicamentos. E, devido ao grande número de atendimentos que a farmácia realiza, nós buscamos solucionar o problema da falta de remédio o mais rápido possível”, explicou. O prefeito informou também que nestes 5 meses de mandato, a Prefeitura já investiu mais de R$ 14,4 milhões na Saúde, sendo R$ 1,7 milhão somente em medicamentos.

A farmacêutica Débora Petenucci esclareceu que alguns medicamentos estão chegando através das empresas licitadas, porém com atraso na entrega. Segundo ela, algumas empresas ainda não entregaram os medicamentos que foram empenhados, por outro lado, outras empresas já cumpriram 100% do empenho. “Esperamos que até o mês que vem nós possamos receber esses empenhos. Algumas empresas ainda não começaram entregar, mas nós acreditamos que no próximo mês as empresas cumpram os pedidos que foram realizados.